35ª Bienal de São Paulo começa nesta quarta (06)

A 35ª edição da Bienal de Artes de São Paulo abre as portas para o público nesta quarta-feira (6), véspera do feriado da Independência, no Parque Ibirapuera, na Zona Sul da capital.

Com o tema “Coreografias do Impossível” e entrada gratuita, a exposição terá cerca de mil obras de mais de 100 artistas participantes. A exposição conta com a participação de artistas de diversas partes do mundo e cerca de 1,1 mil obras de diferentes linguagens.

A mostra visa abranger as urgências do mundo atual por meio de diferentes formatos, movimentos e compreensões da chamada “coreografia do impossível”. Entre os objetivos da edição está o de trazer vozes das diásporas e de povos originários de modo a ampliar o diálogo local e internacional.

Segundo a curadoria, formada por Diane Lima, Grada Kilomba, Hélio Menezes e Manuel Borja-Villel, os participantes desafiam o impossível em suas mais variadas formas, lidando com a violência, a impossibilidade da liberdade plena e as desigualdades.

“Esta Bienal abraça o impossível, as coreografias do impossível, como uma política de movimento e movimentos políticos entrelaçados nas expressões artísticas. É um convite a nos movermos por entre artistas que transcendem a ideia de um tempo progressivo, linear e ocidental. A impossibilidade é o fio condutor e o principal critério que guia a seleção desses participantes”, destacaram os organizadores.

Os curadores explicam que todos os públicos são bem-vindos à 35ª edição do evento, incluindo o infantil, e ressaltam que tiveram apoio de uma consultoria de acessibilidade.

Programação

Durante a semana de abertura, que vai até o próximo domingo (10), haverá ainda uma programação especial com uma série de atividades gratuitas, como performances, workshops e bate-papos a respeito das obras expostas.

Confira a programação divulgada nas redes sociais da Bienal:

https://www.instagram.com/p/Cw0W04prM5t/?utm_source=ig_web_button_share_sheet

Um pouco mais sobre a Bienal

A Bienal de São Paulo, considerada a maior exposição do Hemisfério Sul, acontece a cada dois anos. O evento é uma realização da Fundação Bienal de São Paulo, instituição privada sem fins lucrativos criada em 1962.

“Essa exposição se tornará um legado duradouro, inspirando gerações futuras e redefinindo os limites do que é possível na expressão artística”, enfatizou José Olympio da Veiga Pereira, presidente da Fundação Bienal de São Paulo, sobre a 35ª edição.

Para mais informações sobre a mostra e os artistas participantes clique aqui.

Serviço

35ª Bienal de São Paulo

  • Temporada: de 6/9 a 10/12/23
  • Horários: às terças, quartas, sextas e domingos, das 10h às 19h; às quintas e aos sábados, das 10h às 21h
  • Local: Pavilhão da Bienal | Parque Ibirapuera – Portão 3
  • Entrada: gratuita

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.