Iza e Emicida se recusam a gravar abertura de novela por divergência política com Lobão, diz colunista

Iza e Emicida se recusaram a gravar a abertura da próxima novela das 19h, “Cara e coragem”, da TV Globo. A música escolhida foi “Vida, louca vida”, de Lobão. E as divergências políticas com o autor da canção pesou na escolha, como informou a colunista Patrícia Kogut, de O Globo.

O cantor e compositor Lobão assumiu nos últimos anos uma postura de apoio ao presidente Bolsonaro. Embora, atualmente já tenha se manifestado contra quem ajudou a eleger, as declarações polêmicas ficaram marcadas. Diferentemente dele, Emicida e Iza sempre deixaram claro nas suas redes sociais o posicionamento contra o atual governo.

A cantora Iza, por meio da sua assessoria de imprensa, entrou em contato com a colunista de O GLOBO e negou que a recusa tenha sido por questão política. A nota diz que a decisão de não gravar foi porque a artista está em estúdio terminando um álbum.

“Vida, louca vida” é uma canção de 1988 e já foi interpretada por Cazuza. A letra fala de uma vida que o eu lírico gostaria de viver e se não puder, que parta.

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 6)