Fábio Jr. revela que sofreu bullying na adolescência por querer ser artista

A conversa aconteceu antes de Fiuk entrar no Big Brother Brasil 21. O podcast reuniu desabafos de Fábio, contando que reviu valores morais com a ajuda da família.

“Ser artista era uma forma de provar para a minha família, para os meus amigos e para todo mundo que eu sabia o que queria. Eles sempre falavam: ‘Isso aí vai ser artista?’. Sofri bullying para caramba na escola”, disse.

“Me diziam: ‘É você o artista? Sobe aí, então!’ Me prendiam em uma veneziana, me amarravam e mandavam cantar na frente de todo mundo”, contou Fábio Jr., revelando que conseguiu admitir suas fragilidades e emoções com o passar dos anos.

“Ser vulnerável é uma coisa que antigamente se pensava que homem não fazia. A gente tem que demonstrar isso. Principalmente com vocês filhos. Assumir minhas inseguranças, angústias, dúvidas. Compartilhar esses sentimentos (…) Isso tudo vai dar num lugar só. Esses sentimentos são que nem rios, que vão desaguar no mar. E o mar é o afeto”, completou.

No podcast, o cantor também se emocionou ao dar um conselho para a vida do filho após o reality. “É importante assumir as dúvidas, as angústias dentro de você. E por isso o caminho do afeto é importante. Procure ser sempre útil, necessário. E você é necessário. Quero que sempre tenha serenidade para encarar os desafios”.

Escute aqui.

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.