6 dicas para evitar manchas nos dentes após o clareamento

Beauty, skincare. Gorgeous brunette on a white background

Após conquistar um sorriso mais branco e radiante por meio do clareamento dental, é hora de preservá-lo com cuidados específicos. A técnica, embora simples, exige atenção para evitar potenciais contratempos, como o surgimento de manchas.

“No clareamento, os dentes são cobertos por uma camada de esmalte e dentina que, diferentemente do que se acredita, não é lisa, mas tem micro buraquinhos, chamados de túbulos dentinários”, diz o Dr. Fábio Azevedo, Cirurgião-Dentista e Consultor do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da S.I.N. Implant System. “Durante o tratamento, eles ficam mais suscetíveis e podem trazer sensibilidade dentária. Quando comemos um alimento com corantes, por exemplo, o pigmento penetra nesses buraquinhos e causa novamente as alterações de cor”, conclui.

Para não correr o risco de se deparar com o problema é essencial adotar medidas de prevenção. Confira, a seguir, as orientações do especialista:

  1. Os cuidados básicos continuam sendo indispensáveis: 

Manter uma higiene bucal adequada é essencial, incluindo a escovação dos dentes no mínimo três vezes ao dia e uso de fio dental após as refeições.

  1. Evite alimentos e hábitos que possam comprometer os resultados:

Após realização do procedimento, é recomendado não fumar, consumir café, alimentos com corantes, frutas cítricas, vinho e refrigerantes, para prevenir manchas. 

  1. Realize acompanhamento regular com o dentista:

O dentista vai monitorar a saúde dos dentes para fazer recomendações específicas, para que o cuidado com o sorriso seja efetivo. Além disso, poderá aplicar medidas preventivas, como a limpeza, e dar instruções sobre os melhores produtos e a maneira correta de fazer a higienização, tudo para a manutenção da tonalidade clara dos dentes. 

  1. Esteja atento aos sinais:

Perda de brilho e pequenas alterações na textura dos dentes são sinais que podem indicar o início do aparecimento das manchas entre outros fatores, requerendo ação preventiva.

  1. Mantenha um intervalo adequado entre os clareamentos:

A frequência do clareamento tem influência na propensão a manchas. Recomenda-se um intervalo mínimo de seis meses entre os procedimentos para evitar problemas de pigmentação.

  1. Entenda o papel da genética:

A genética pode desempenhar um papel na suscetibilidade a manchas, mas com dentes saudáveis e supervisão profissional, o risco é minimizado. A fluorose, uma deficiência no desenvolvimento dental, pode levar a manchas sob o clareamento e só um profissional será capaz de diagnosticar e intervir de forma segura, considerando cada caso e situação.

Sobre a S.I.N. Implant System: uma das líderes mundiais na fabricação de implantes dentários, com sede localizada em São Paulo (SP), está presente em 22 países. É reconhecida no mercado por agregar valor e conhecimento à comunidade odontológica, por meio de cursos de formação, palestras e workshops, além do apoio a pesquisas científicas.  A empresa tem como visão oferecer o que há de melhor e mais seguro na área de Implantodontia, graças a um rigoroso controle de qualidade, aliado a certificações nacionais e internacionais. A S.I.N. abraçou a ideia da tecnologia e da inovação para ajudar pessoas a resgatarem seus sorrisos, promovendo  felicidade, saúde e bem-estar. O modelo de negócios é orientado por práticas que envolvem a redução de impactos ambientais, o atendimento humanizado, a promoção da diversidade e da inclusão social. Mais informações em www.sinimplantsystem.com.br

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.